20/08/2009

♥CLARA ANAHÍ MARIANI♥


Contato: nilolsscc@yahoo.es


Clara Anahí, teve os seus pais, Daniel Mariani e Diana Teruggi, assassinados por revolucionários durante a ditadura na Argentina. Sua avó, Chicha Mariani, a procura há mais de trinta anos. Segue, abaixo, o apelo.
Façam correntes, também fora da Argentina!
Chicha Mariani, fundadora das “Avós da Praça de Maio”, está muito idosa. Ela deseja reencontrar-se com sua neta. Nós podemos ajudá-la fazendo com que sua carta percorra o mundo, e numa dessas voltas, alguém a reconheça…
Reenviemos a carta. Que seu pedido possa percorrer novos caminhos, que não permaneça restrito a pessoas vinculadas às organizações de Direitos Humanos, que possa chegar a Clara Anahí !!!!
Querida neta,
Sou tua avó “Chicha” Chorobik de Mariani, te busco desde o momento em que Etchecolatz, Camps e suas tropas mataram a sua mãe e te sequestraram de tua casa na rua 30 número 1134 em La Plata, República Argentina. Era o dia 24 de novembro de 1976 e você tinha 3 meses de idade. Desde este momento começamos a te buscar junto com o seu pai, até ele também ser assassinado.
Apesar de tentarem me convencer que você havia sido morta por um tiro, eu sabia que estava viva. Hoje está comprovado que você sobreviveu e está sobre o poder de alguém. Já tem 31 anos e o teu número de documento provavelmente será algo perto do número que te registramos, 25.476.305. Eu queria te pedir que busque por fotos de quando era um bebe e que a compare com as que acompaham este texto.
Quero dizer-te que teu avô paterno se dedicou à Música e eu às Artes Plásticas; que os seus avós maternos se dedicaram às Ciências, que tua mãe amava a Literatura e teu pai era licenciado em Economia. Ambos tinham um grande sentido de solidariedade e compromisso com a sociedade. Alguma coisa de tudo isso, com o tempo também será parte de tua vida, mesmo que tenha sido criada em um lugar diferente, sempre guardamos internamente os gens de nossos antepassados. Com certeza há muitas perguntas sem respostas dentro de ti.
Aos meus mais de 80 anos de vida, a aspiracão que tenho é abraçá-la e ser reconhecida por seus olhos, gostaria que viesse em minha direção para que esta longa busca se concretize e esta saudade grande que possuo e me mantém de pé, que nos encontramos.
Clara Anahí, enquanto te espero seguirei te buscando.
Te abraça, tua avó “Chicha Mariani”

Nenhum comentário:

Postar um comentário