13/08/2012

Ossada encontrada em Araucária é de menino desaparecido

 
O Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba confirmou que a ossada encontrada em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, é do menino Bruce Sthanley Gonçalves, 11 anos, que desapareceu no dia 9 de julho. Os ossos foram localizados quatro dias depois do desaparecimento, em um terreno baldio.

Segundo laudo do IML, concluído na quarta-feira (25), o menino foi morto por um tiro na cabeça. No crânio do garoto, foi encontrado um projétil, possivelmente de calibre 38. A identificação foi feita a partir de análise da arcada dentária.

Com a entrega do laudo, o caso passa a ser tratado como homicídio e fica a cargo da Delegacia de Araucária. O material encontrado, no entanto, ainda será analisado pela criminalística para determinar se houve outro tipo de violência contra o menino, segundo a Polícia Civil.


O crime


Bruce saiu da casa dos pais para jogar futebol na manhã do dia 9 e não foi mais visto. O Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride) começou as buscas para localizar a criança, assim como a comunidade, que encontrou uma bermuda e uma camiseta do garoto na noite do dia 12. Também foi encontrado um lençol com manchas que podem ser de sangue.

Os ossos foram encontrados no dia 13 de julho, espalhados em vários pontos do terreno baldio. Não havia indícios de carne nos ossos, que apresentavam sinais compatíveis de roeduras. Investigadores acreditam que o corpo pode ter sido atacado por animais.


Suspeito assassinado


O principal suspeito de envolvimento no crime contra o menino foi assassinado com 16 tiros na madrugada do dia 14, em Araucária. Pedro Henrique Souza, 29 anos, teria sido a última pessoa a ver Bruce com vida.

Souza estava em casa quando três homens encapuzados e armados invadiram a residência e o levaram para fora. Ele foi executado em frente de casa, de acordo com a polícia.

FONTE>>

http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?id=1279810&tit=Ossada-encontrada-em-Araucaria-e-de-menino-desaparecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário